18.9.10

profundo como o mar

todos os dias são estranhos quando não estás. todas as palavras sentidas com o coração são mais umas no dicionário de maravilhas de sentimentos . todo o passado que fomos e todo o passado que seremos está descrito com as mais belas linhas traçadas pela palma da tua mão que assume cada contorno do meu corpo . aquele mar que cruzou os nossos olhares juntos tal como no primeiro instante que consegui atravessar os teus olhos inocentes e chegar ao fundo de ti. todo o calor que partilhamos pelos toques quentes dos nossos lábios fazendo-nos queimar cada partícula de mágoa que havia por aquilo não ter existido mais cedo. todas as vezes que encontrei dentro de ti aquilo que antes tinham roubado de mim serão recordadas até ao mínimo detalhe . lias o meu sorriso, percebias o meu olhar e agarravas o meu coração.

1 comentário:

DANIELASILVA disse...

muito obrigada *.*