19.7.14

      É tão estranho o que estou a sentir. Sinto uma paz incrível comigo mesma e sinto-te comigo, sinto que te tenho e terei sempre. Não que te veja como garantido mas por ver o teu grande amor. Sinto que eu preciso de ser eu para seres o melhor de ti e isso encoraja-me a querer encontrar-me. Também vou voltar a ser o melhor de mim, sempre foi essa a minha essência e continua a ser, apesar de menos visível. 
Sinto-me tranquila, sinto-me leve. Sinto-me estranhamente ligada a ti. Não precisamos de palavras, sei que pensas em mim tanto quanto penso em ti. E acredito- acredito que se o amor nos uniu, ele nos vai voltar a juntar, porque, nesta vida, tudo se resume a amor e, na nossa vida, o nosso amor é tudo.
Amo-te.

Sem comentários: